Viagens pela História do Fado com Rui Vieira Nery

Rui Vieira Nery

Da Lisboa oitocentista à atualidade, dos bairros castiços às grandes salas de concerto do mundo inteiro, conheça as histórias e os percursos da canção de Lisboa.

O Fado é um género performativo que integra música e poesia, desenvolvido em Lisboa no segundo quartel do século XIX, como resultado de um processo de fusão multicultural que envolveu danças afro-brasileiras recém-chegadas à Europa, uma herança de géneros locais de canção e dança, tradições musicais de zonas rurais trazidas por vagas sucessivas de imigração interna e os padrões cosmopolitas da canção urbana do início do século XIX.

No século XX o Fado converteu-se no mais popular género de canção urbana em Portugal e é reconhecido pela maioria das comunidades portuguesas como um símbolo da identidade cultural nacional, no seu conjunto. A sua disseminação através da emigração portuguesa para a Europa e para as Américas, e mais recentemente através do circuitos da World Music, tem vindo também a reforçar, no plano internacional, a percepção desse seu papel identitário, conduzindo ao mesmo tempo a um processo crescente de trocas interculturais com outros géneros musicais.


Coprodução | CCB | EGEAC – Museu do Fado

28 Janeiro, 4, 11 e 18 Fevereiro 2017 | 17:30 às 19:00

No CCB
Enviar a um Amigo