Este evento já decorreu.

Temporada Sinfónica e Ópera

Magnus Lindberg

Orquestra Metropolitana de Lisboa

CCB

©Joel Santos

A música de Magnus Lindberg é genuinamente eclética. Tem influências tão distintas como Luciano Berio ou Einstürzende Neubauten, mas coincide numa criatividade única em busca minuciosa das combinações sonoras que o tornaram num dos compositores mais prestigiados da atualidade. Neste regresso a Portugal, o músico finlandês traz na bagagem duas partituras de 2002, as quais o próprio irá interpretar à frente da OML. Chorale é um curto prelúdio orquestral que recupera a melodia do coral da Cantata BWV 60 de J. S. Bach, Es ist genung. Temos depois a oportunidade de revisitar o concerto que Kari Kriikku – o clarinetista com quem Lindberg compôs a obra – tocou com a Metropolitana em 2009. Caberá agora a Nuno Silva interpretar essa escrita exuberante que explora os registos extremos do instrumento.

O programa conclui com o Concerto para Orquestra do polaco Witold Lutosławski. Datado dos anos que se seguiram à Segunda Grande Guerra, recolhe na música tradicional uma inspiração que se mantém sempre próxima de “um outro” Concerto para Orquestra assinado por Béla Bartók, em 1943

Orquestra Metropolitana De Lisboa
Magnus Lindberg* direção musical
Nuno Silva clarinete
*Artista associado da temporada de música da Metropolitana 2017/2018
Magnus Lindberg Chorale
Magnus Lindberg Concerto para clarinete

Witold Lutoslawski Concerto para orquestra

Coprodução | CCB | Metropolitana


20 maio 2018 | 17:00

M/6
Enviar a um Amigo