Temporada Sinfónica e Ópera

Orquestra Sinfónica Portuguesa

CCB

Joana Carneiro ©Dave Weiland

Este é talvez um dos ciclos mais comoventes do início do século XXI, um verdadeiro desafio, mesmo para cantoras com a experiência da espanhola María José Montiel, que ouviremos neste concerto da Orquestra Sinfónica Portuguesa sob a direção da maestrina Joana Carneiro.
De facto, para as Canções de Neruda, Peter Lieberson escolheu cinco dos 100 Sonetos de Amor (1960) escritos por Pablo Neruda, destinando-os aos extraordinários dons vocais e dramáticos da sua mulher, a meio-soprano Lorraine Hunt Lieberson. As Canções estão marcadas por uma consciência íntima da vitalidade pessoal e artística de Lorraine, bem como da fragilidade da sua saúde (morreria de cancro da mama, em 2006, um ano após a estreia). Somos convidados a participar da intimidade destas canções de amor em jeito de despedida, guiados pela generosidade tocante deste compositor e desta cantora. Se os poemas nos falam da morte do amado e do medo da perda, o tom musical dominante do ciclo não é a tragédia, mas a ternura.
Para completar este concerto, e, de certa maneira, para aliviar a carga emocional deixada pelas Canções de Neruda, ouviremos a brilhante suíte de O Cavaleiro da Rosa de Richard Strauss, composto a partir da ópera homónima do compositor.


Joana Carneiro direção musical
María José Montiel meio-soprano

Peter Lieberson Canções de Neruda
Richard Strauss Suíte de O Cavaleiro da Rosa

Coprodução | CCB | OPART

13 maio 2018 | 17:00

M/6
Enviar a um Amigo