Formas de Ler

O Amor e as suas máscaras
por Helena Vasconcelos

Sandro Botticelli Google Art Project

© Sandro Botticelli (1445-1510). Nascita di Venere, 1484-1485. Têmpera sobre tela. 278,5 x 172,5 cm. Galleria degli Uffizi, Florença, Itália. Fonte: Wikimedia Commons

O sentimento amoroso, nas suas infinitas manifestações, é parte integrante e fulcral da Literatura. Ao longo deste ciclo, leremos obras que desvendam as múltiplas máscaras do Amor. Começaremos com uma tentativa de estabelecer as suas raízes nos textos homéricos e terminaremos com uma história que traz a robótica para a equação (Máquinas como Eu, Ian McEwan). Entretanto, não esqueceremos clássicos como as obras de Brontë, Camilo, Laclos, Tolstói e Shakespeare. Exploraremos, ainda, outras formas de amor, filial, libertino, sensual, nostálgico, livre ou manietado por convenções, romântico ou racional, analisando a seguinte questão: será possível estudar o sentimento amoroso através da Literatura? Ou serão os livros – e os seus autores - que ensinam a amar (melhor)? Se quisermos encontrar, na chamada «cultura ocidental», um paradigma do amor, ver-nos-emos a braços com fascinantes contradições e incógnitas, num oceano tão pleno de vicissitudes, como foi o de Ulisses no seu regresso a Ítaca. E é nesse universo, nesse vasto mar de incertezas, que, desde o início do ciclo, proponho que naveguemos.

26 setembro 2019 | 18:00 às 19:30
O Amor na Ilíada e na Odisseia

17 outubro 2019 | 18:00 às 19:30
A Sonata de Kreutzer, Lev Tolstói, ed. Relógio D'Água, 2007

28 novembro 2019 | 18:00 às 19:30
A Queda de um Anjo, Camilo Castelo Branco, Porto editora, 2017

23 janeiro 2020 | 18:00 às 19:30
O Doente Inglês, Michael Ondaatje, ed. Relógio D’ Água, 2019

6 fevereiro 2020 | 18:00 às 19:30  
A Insustentável Leveza do Ser, Milan Kundera, ed. Leya, 2018

20 fevereiro 2020 | 18:00 às 19:30 
As Ligações Perigosas, Choderlos de Laclos, ed. Relógio D’Água, 2000

5 março 2020 | 18:00 às 19:30
A Única História, Julian Barnes, ed. Quetzal, 2019

19 março 2020 | 18:00 às 19:30
Reviver o Passado em Brideshead, Evelyn Waugh, ed. Relógio D’Água, 2002

16 abril 2020 | 18:00 às 19:30
Otelo, William Shakespeare, Edições Humus, 2018

7 maio 2020 | 18:00 às 19:30  
A Princesa de Clèves, Madame de la Fayette, ed. Dom Quixote, 2017

21 maio 2020 | 18:00 às 19:30 
O Monte dos Vendavais, Emily Brontë, editorial Presença,2009

18 junho 2020 | 18:00 às 19:30 
Máquinas como Eu, Ian McEwan, ed. Gradiva, 2019

 

Produção | CCB


© Sandro Botticelli (1445-1510). Nascita di Venere, 1484-1485. Têmpera sobre tela. 278,5 x 172,5 cm. Galleria degli Uffizi, Florença, Itália. Fonte: Wikimedia Commons

26 setembro 2019 a 18 junho 2020
 

Centro de Congressos e Reuniões | Piso 1
M/6
Duração de 1h30
Enviar a um Amigo