Este evento já decorreu.

Terra Chã

CDCE| Companhia de Dança Contemporânea de Évora

© Telmo Rocha

© Telmo Rocha

© Telmo Rocha

A expressão da terra, a voz dos homens, a força que os une, o peso, a densidade do ar, o vazio, o silêncio, o grupo e a solidão. Os extremos e os seus limites. Os amores e os desamores. Os sonetos de Florbela Espanca que falam da beleza e da alma do Alentejo. Através de um olhar contemporâneo trabalha-se a fusão entre a música de Ólafur Arnalds e as modas do Cante Alentejano. A coreografia desenha diferentes percursos nas vozes do Cante Alentejano e nos ambientes do Alentejo.

                                                                                                                                                   Nélia Pinheiro


Criação, direção e coreografia Nélia Pinheiro
Constança Sierra Couto, Fábio Blanco, Fábio Simões, Gonçalo Andrade, Margarida Belo Costa, Nélia Pinheiro, Yola Pinto Bailarinos
Grupo de Cantares (ao vivo) Os Ganhões De Castro Verde
Música Ólafur Arnalds


Produção | CCB






23 e 24 junho 2017 | 21:00

M/6
Enviar a um Amigo