Avançar para o conteúdo principal

O que procura?

Aceda ao myCCB

Esqueceu a sua password?

Clique Aqui
A carregar Eventos
Centro de Congressos e Reuniões
Este evento já decorreu

Datas / horários

4 fevereiro de 2022 10:00 às 17:00

Conversa

Tendo nascido o Laboratório de Ópera Portuguesa da necessidade sentida de aproximar o grande público de uma parte importante da sua herança histórica comum, neste caso, a produção dramática musical feita em Portugal no decurso do tempo, considerou-se, desde o primeiro momento, essencial a criação simultânea de um fórum de discussão e apresentação de novos estudos relacionados e complementares a cada título trabalhado.

Evento relacionado – Colóquio com “Cortes de Júpiter, de Gil Vicente

 

De acordo com a recente Orientação da Direção-Geral da Saúde, para acesso a eventos culturais é exigida, a partir dos 12 anos, a apresentação de um dos seguintes documentos:

  • Certificado Digital COVID-19  (vacinação testagem ou recuperação), válido;
  • Teste laboratorial (PCR) realizado nas 72 horas anteriores à sua apresentação, com resultado negativo;
  • Teste rápido de antigénio (TRAg), verificado por entidade certificada e realizado nas 48 horas anteriores à sua apresentação, com resultado negativo;
  • Não são aceites autotestes.
  • É obrigatório o uso de máscara

Laboratório de Ópera Portuguesa

A criação de um laboratório de ópera portuguesa especialmente vocacionado para a recuperação de obras escritas por compositores portugueses ou residentes em Portugal é um sonho antigo que começa agora a ganhar contornos concretos.

Efetivamente, há muito que sentíamos a necessidade da criação de uma estrutura que potencializasse a apresentação de obras oriundas da produção dramática que tantos investigadores têm retirado, ao longo dos anos, das profundezas dos inúmeros arquivos e bibliotecas nacionais e estrangeiras, com o objetivo máximo de aproximar o grande público da produção dramática musical que encheu os palácios, casas senhoriais e teatros do nosso país ao longo dos séculos.

Para além de um trabalho de recuperação historicamente informada, o Laboratório de Ópera Portuguesa prossegue um outro e incontornável objetivo: considerando que o género operático não é apenas um género musical, mas, acima de tudo, um género teatral, pretendemos assumir a estrutura como um fórum de desenvolvimento de um trabalho profundo, no âmbito do qual as exigências técnicas vocais de cada obra não se sobreponham à dramaticidade do discurso global, permitindo às novas gerações de cantores desenvolver aptidões dramáticas ainda hoje relativamente subdesenvolvidas. – Jenny Silvestre

Folha de Sala

Descarregue .pdf 2570.8 kb

Ficha Técnica

Oradores
Luísa Cymbron (CESEM/FCSH)
Maricarmen Gomez (Universidade de Autónoma de Barcelona)
José Camões (Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa)
Esperança Cardeira (Faculdade de Letras de Universidade de Lisboa)
Nuno Raimundo (CESEM/FCSH)
Edward Abreu (CESEM/FCSH)
Luísa Gomes (CESEM/FCSH)
Manuel Morais (Escola de Música no Conservatório Nacional/Universidade de Évora)
Jenny Silvestre (Academia Portuguesa de Artes Musicais/Laboratório de Ópera Portuguesa do CCB)

Programa

9h30 – Receção dos oradores e público assistente

10h – Início dos trabalhos

Moderadora Luísa Cymbron

 

Oradores

Edward Ayres de Abreu (CESEM/FCSH)
Nuno Raimundo (CESEM/FCSH)
Manuel Morais (Escola de Música do Conservatório Nacional/Universidade de Évora)

11h15 – Pausa para café

11h30 – Recomeço dos trabalhos

Moderador Manuel Pedro Ferreira

 

Oradores

José Camões (Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa)
Esperança Cardeira (Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa)
Maricarmen Gómez (Universidade de Autónoma de Barcelona)

13h – Pausa para almoço

14h30 – Recomeço dos trabalhos

Moderador José Camões

 

Oradores
Luísa Cymbron (CESEM/FCSH)
Luísa Gomes (CESEM/FCSH)
Jenny Silvestre (Academia Portuguesa de Artes Musicais/ Laboratório de Ópera Portuguesa do CCB)

16h – Mesa redonda e conclusões

Preços e Descontos

Nota: O link de acesso ao colóquio (via plataforma zoom), será enviado na véspera do evento.

Sugerimos-lhe também

Definições de Cookies

O CCB pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.

Permitem personalizar as ofertas comerciais que lhe são apresentadas, direcionando-as para os seus interesses. Podem ser cookies próprios ou de terceiros. Alertamos que, mesmo não aceitando estes cookies, irá receber ofertas comerciais, mas sem corresponderem às suas preferências.
Oferecem uma experiência mais personalizada e completa, permitem guardar preferências, mostrar-lhe conteúdos relevantes para o seu gosto e enviar-lhe os alertas que tenha solicitado.
Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.

Cookies Necessários Permitem personalizar as ofertas comerciais que lhe são apresentadas, direcionando-as para os seus interesses. Podem ser cookies próprios ou de terceiros. Alertamos que, mesmo não aceitando estes cookies, irá receber ofertas comerciais, mas sem corresponderem às suas preferências.

Cookies Funcionais Oferecem uma experiência mais personalizada e completa, permitem guardar preferências, mostrar-lhe conteúdos relevantes para o seu gosto e enviar-lhe os alertas que tenha solicitado.

Cookies Publicitários Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.