Avançar para o conteúdo principal

O que procura?

Aceda ao myCCB

Esqueceu a sua password?

Clique Aqui
A carregar Eventos
Online

Datas / horários

29 de junho a 23 de novembro, 2021

Digital

Filosofia

Teatro

Uma série de oito curtas-metragens realizadas por Beatriz Bagulho inspiradas no universo onírico das obras de Lewis Carroll, As Aventuras de Alice no País das Maravilhas e Alice do Outro Lado do Espelho, e que integram o ciclo Festa de Desaniversário da Fábrica das Artes, numa coprodução entre o Teatro do Silêncio e o Centro Cultural de Belém.

Filminhos Paradoxos tem como personagem principal Alice, interpretada pela bailarina e criadora Leonor Keil, acompanhada por Gonçalo Alegria como ator e criador da sonoplastia e do desenho de som. A escrita dos argumentos é da autoria de Maria Gil, que partiu dos encontros entre Alice e algumas das personagens que habitam o País das Maravilhas e o Outro Lado do Espelho. Em cada encontro surge um problema particular que deixa Alice muito intrigada, levando-a ao questionamento de si e do mundo.

Todos os filminhos terminam com uma coleção de perguntas para o espectador, permitindo uma obra de arte aberta, que mais do que apresentar respostas finais, se abre ao questionamento e ao pensamento livre.

Filminho #1 - A Queda

Palavras, ideias e coisas

Alice está a brincar no seu quarto quando de repente ouve um barulho e repara na sombra de um coelho que atravessa o seu quarto para desaparecer atrás da cortina vermelha. Alice descobre uma portinha que abre cuidadosamente. É uma entrada para a toca debaixo da terra! Subitamente, a toca começa a invadir o seu quarto e quando dá por si, Alice está a cair num túnel muito particular, onde letras se transformam em palavras que se transformam em coisas que se juntam a outras coisas formando binómios fantásticos. O túnel parece infinito e a queda de Alice interminável até que aterra num monte de folhas secas. Alice, Leonor Keil, mede agora oito centímetros e acaba de chegar ao País das Maravilhas.

Filminho #2 - A Lagarta

Preocupações metafísicas

Alice corre por um jardim seguindo uma nuvem que parece indicar-lhe o caminho a seguir. Inesperadamente, encontra a Lagarta Azul que surge de um ecrã-cogumelo e que lhe coloca a pergunta “Quem és tu?”. Alice tenta responder à Lagarta percorrendo uma série de inquietações que mais não são do que formas de compreendermos a relação com o tempo e a mudança. A Lagarta deixa-lhe um conselho e ainda dois pedacinhos de cogumelo.

Filminho #3 - O Chapeleiro e a Lebre de Março

Matar o tempo

Neste filminho a câmara é o olhar de Alice de quem apenas vemos partes dos braços e das mãos. Quando o filme começa, Alice, que parece ter crescido mais um bocadinho, está a entrar num salão de jogos recreativo onde encontra a uma mesa o Chapeleiro (interpretado por Gonçalo Alegria) e a Lebre de Março (interpretada por Leonor Keil). Ficaram ambos presos na hora do chá e estão condenados à repetição das mesmas ações, num círculo vicioso de recomeços e princípios. Alice decide que não quer andar entre gente maluca como aquela e desaparece tão rapidamente como chegou.

Filminho #4 - O Gato

Um Gato Metafísico

Alice é agora tão pequena como um átomo e neste espaço quântico depara-se com uma figura tão simpática quanto assustadora – o Gato de Cheshire. Alice começa por temer este estranho Gato que ri, mas depois pede-lhe ajuda para encontrar um caminho para outro lugar e a resposta é tão surpreendente quanto enigmática.

Filminho #5 - O Livro

Um sonho é um sonho de um sonho que é um sonho de um sonho

Este filme começa com um livro de histórias que tem o título, «Isto não é um livro». No filme, umas mãos abrem o livro onde se vê a ilustração original de Sir John Tenniel do Rei Vermelho a sonhar no Outro Lado do Espelho. Começa-se a contar uma história infinita, a cada página um novo desenho que ilustra a história contada aqui pelos irmãos, Tweedledee Tweedledum (Leonor Keil e Gonçalo Alegria respetivamente). Afinal de contas, com quem é que o rei está a sonhar? Connosco? Então nós somos reais ou parte de um sonho?

Calendário Filminhos Paradoxos

29 junho – Filminho #1. A Queda

Palavras, ideias e coisas

 

27 julho – Filminho #2. A Lagarta

Preocupações metafísicas

 

24 agosto – Filminho #3. O Chapeleiro e a Lebre de Março

Matar o tempo

 

21 setembro – Filminho #4. Gato

Um Gato Quântico

 

19 outubro – Filminho #5. O Livro

Um sonho é um sonho de um sonho que é um sonho de um sonho

 

2 novembro – Filminho #6. Humpty Dumpty

364 Presentes de desaniversário e um ovo ob-nó-xi-o

 

23 novembro – Filminho #7. A Rainha

Corridas, verdades e outras maldades

 

7 dezembro – Filminho #8. Alice

Escorregadelas de tempo

Idades

M/6 anos

Ficha Técnica

Direção artística

Maria Gil

 

Argumento

Maria Gil a partir das obras,

As Aventuras de Alice no País das Maravilhas

e Alice do Outro Lado do Espelho, de Lewis Carroll

 

Tradução

Margarida Vale de Gato

 

Apoio à dramaturgia

Dina Mendonça

 

Realização, animação, edição de imagem e ilustração

Beatriz Bagulho

 

Interpretação

Leonor Keil, Gonçalo Alegria, Ana Enes e Maria Gil

 

Música original, edição e pós- produção de som

Gonçalo Alegria

 

Assistência de realização e operação de câmara

António Mendes

 

Assistência de realização, operação de câmara e captação de som

João Estrada

 

Captação de som

Miguel Coelho

 

Iluminação

Artur Pispalhas

 

Decór e adereços

Pedro Silva

 

Figurinos

Miguel Bonneville

 

Confeção e assistência de figurinos

Marisa Escaleira

Chefe de produção

Lara Branco

 

Gestão e Administração

Susana Martinho Lopes

 

Comunicação – Teatro do Silêncio

Sara Cunha

 

Assistência técnica e de produção, maquilhagem

Sabrina Santos

Apoios

Lua Cheia Teatro Para Todos; Estúdio Osga; Teatromosca; Teatro de Carnide; Carnide Clube; Torre que Brilha, Associação Cultural; Marco Lopes – Show Ventura; República Portuguesa – Cultura/ Património Cultural – Direção-Geral do Património Cultural – Museu Nacional do Traje & Parque Botânico do Monteiro-Mor e Museu Nacional do Teatro e da Dança

O TEATRO DO SILÊNCIO é uma estrutura financiada pela República Portuguesa – Cultura/ Direção Geral das Artes e pela Junta de Freguesia de Carnide.

Produção
Teatro do Silêncio 2021
Co-Produção
CCB/Fábrica das Artes

Descontos

ADIRA AO IVAUCHER – O IVA que vai e volta saiba mais 

Definições de Cookies

O CCB pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.

Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.
Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.
Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.

Cookies Necessários Permitem personalizar as ofertas comerciais que lhe são apresentadas, direcionando-as para os seus interesses. Podem ser cookies próprios ou de terceiros. Alertamos que, mesmo não aceitando estes cookies, irá receber ofertas comerciais, mas sem corresponderem às suas preferências.

Cookies Funcionais Oferecem uma experiência mais personalizada e completa, permitem guardar preferências, mostrar-lhe conteúdos relevantes para o seu gosto e enviar-lhe os alertas que tenha solicitado.

Cookies Publicitários Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.