Avançar para o conteúdo principal

O que procura?

Aceda ao myCCB

Esqueceu a sua password?

Clique Aqui
A carregar Eventos
1h00
Este evento já decorreu

Datas / horários

Evento disponível online

A historiadora Raquel Varela realizou no Centro Cultural de Belém o ciclo Conversas com História. Cada conversa, informal, parte de uma pergunta inquietante da atualidade para, através do passado – explicado para o grande público –, nos ajudar a compreender o presente. A democracia é o menos imperfeito dos regimes? Entre a educação repressiva e a cultura permissiva, há alternativa? Não existem diferenças entre sexos? São construções culturais? A próxima crise económica é inevitável? A religião é um ópio ou uma expressão do sofrimento? Freud tinha razão quando «culpou» as mães pelos erros dos filhos? O Conversas com História convida-vos a estar presentes numa série de entrevistas sem tabus, sobre temas da atualidade.

 

30 abril de 2022 - Isabel do Carmo

A história pública regressa ao CCB. Mais do que nunca urge pensar o futuro a partir da revisitação crítica do passado, para um público não académico, amplo, que é chamado a participar no ciclo Conversas com História.

No próximo dia 7 de maio, a historiadora Raquel Varela estará à conversa com a médica e ativista política Isabel do Carmo.

Nasceu no Barreiro em 1940. Frequentou o Liceu de Setúbal. Licenciou-se e doutorou-se pela Faculdade de Medicina de Lisboa. Foi impedida pela PIDE de integrar o corpo de assistentes da Faculdade. Fez a especialidade de Endocrinologia. Foi membro da Comissão Pró-Associação de Medicina e da Reunião Inter Culturais (RIC) das Associações de Estudantes de Lisboa. Fez parte dos corpos gerentes da Ordem dos Médicos até esta ser fechada pela PIDE em novembro de 1972. Foi militante do Partido Comunista dos 18 aos 29 anos. Fundou com Carlos Antunes as Brigadas Revolucionárias em 1970. Foi membro da Comissão Política da Comissão Democrática Eleitoral de Lisboa (CDE) em 1969. Fundou as Comissões de Base Socialistas. Esteve na direção do PRP-BR durante o PREC. Foi diretora do jornal Revolução nesse período. Após a contrarrevolução esteve presa de 1978 a 1982. Escreveu vários artigos científicos e livros de saúde para o público em geral. Escreveu também Puta de prisão com Fernanda Fráguas, Vozes Insubmissas com Lígia Amâncio e Histórias que as mulheres contam, todos publicados pela Dom Quixote e o primeiro reeditado por essa editora. Tem dois filhos: Isabel Lindim e Sérgio Antunes.

Assista aqui

2 abril de 2022 - Fausto Bordalo Dias

Fausto Bordalo Dias tem-se destacado ao longo da sua carreira pela sagacidade com que sempre abordou a música. Com base no desenvolvimento e estilização da rítmica tradicional portuguesa, a que sempre juntou uma escrita poética e muito cuidada. O percurso de Fausto é único no universo musical português e o seu legado na música popular portuguesa é altamente próspero e diversificado.

O músico estará à conversa com a historiadora Raquel Varela em mais uma sessão do ciclo Conversas com História.

Mais do que nunca urge pensar o futuro a partir da revisitação crítica do passado, para um público não académico, amplo, que é chamado a participar no ciclo Conversas com História.

Assista aqui

5 março de 2022 - Ângela Pessoa

A história pública regressa ao CCB. Mais do que nunca urge pensar o futuro a partir da revisitação crítica do passado, para um público não académico, amplo, que é chamado a participar no ciclo Conversas com História.

No próximo dia 5 de março, a historiadora Raquel Varela estará à conversa com a artista plástica Ângela Ferreira.

Ângela Ferreira nasceu em 1958 em Maputo, Moçambique. Concluiu os estudos de Artes Plásticas na África do Sul obtendo o grau de mestre na Michaelis School of Fine Art, University of Cape Town. Atualmente vive e trabalha em Lisboa, leciona na Faculdade de Belas Artes de Lisboa, onde obteve o Doutoramento, em 2016. O trabalho de Ângela Ferreira desenvolve-se em torno do impacto do colonialismo e pós-colonialismo na sociedade contemporânea. As suas homenagens escultóricas, sonoras e videográficas têm continuamente referenciado a história económica, política e cultural do continente africano ao recuperar a imagem e obra de algumas figuras inesperadas, como Bob Dylan, Peter Blum, Carlos Cardoso, Ingrid Jonker, Jimi Hendrix, Jorge Ben Jor, Diego Rivera, Miriam Makeba, Angela Davis ou Forough Farrokhzad

Assista aqui

22 janeiro de 2022 - António M. Galopim de Carvalho

A história pública regressa ao CCB. Mais do que nunca urge pensar o futuro a partir da revisitação crítica do passado, para um público não académico, amplo, que é chamado a participar no ciclo Conversas com História.
A historiadora Raquel Varela esteve à conversa com o geólogo António Galopim de Carvalho, uma das figuras que mais contribuiu para a revitalização do Museu Nacional de História Natural em Lisboa. Tem sido também um forte defensor do património geológico, nomeadamente nas áreas de Geologia Marinha e da Paleontologia dos Dinossáurios. Um comunicador nato, é o primeiro convidado do ciclo Conversas com História.

Assista aqui

18 dezembro de 2021 - António Victorino d’Almeida

A história pública regressa ao CCB. Mais do que nunca urge pensar o futuro a partir da revisitação crítica do passado, para um público não académico, amplo, que é chamado a participar no ciclo Conversas com História. A historiadora Raquel Varela esteve à conversa com compositor, maestro, pianista e escritor português António Victorino d’Almeida. Conhecido pela sua obra muito vasta, Victorino d’Almeida compôs, para além de música para cinema e teatro, 17 obras sinfónicas, uma ópera, sete sonatas de piano, 28 obras de câmara, mais de 100 peças para piano e cerca de 200 melodias, dirigindo, também concertos de grande parte das orquestras portuguesas. Paralelamente, desenvolveu ainda a carreira de escritor, publicando as obras Histórias de Lamento e Regozijo, Coca-Cola Killer, Um Caso de Bibliofagia, Polisário, Música e Variações, Tubarão 2000 e O Que É a Música.

Assista aqui

20 novembro de 2021 - Olga Roriz

A história pública regressa ao CCB. Mais do que nunca urge pensar o futuro a partir da revisitação crítica do passado, para um público não académico, amplo, que é chamado a participar no ciclo Conversas com História.

No próximo dia 20 de novembro, a historiadora Raquel Varela estará à conversa com a coreógrafa Olga Roriz.

Natural de Viana do Castelo, Olga Roriz integrou, de 1976 a 1992, o elenco do Ballet Gulbenkian sob a direção de Jorge Salavisa, onde foi primeira bailarina e coreógrafa principal.

Trabalhou com coreógrafos de renome como: Alvin Nokolais, Jiri Kylián, Louis Falco, HansVan Manen, Vasco Wellemkamp, Karine Saporta, Lar Lubovitch, Peter Sparling, Elisa Monte e Christopher Bruce.

Em fevereiro de 1995 fundou a Companhia Olga Roriz, da qual é diretora e coreógrafa.

O seu reportório na área da dança, teatro e vídeo é constituído por mais de 90 obras, onde se destacam as peças Treze Gestos de um Corpo, Isolda, Casta Diva, Pedro e Inês, Propriedade Privada, Electra, Pets, A Cidade e A Sagração da Primavera.

Internacionalmente os seus trabalhos foram apresentados nas principais capitais europeias, assim como nos EUA, Brasil, Japão, Egito, Cabo Verde, Senegal, Tailândia, Macau, Moçambique e Coreia do Sul.

Assista aqui

30 outubro de 2021 - Maria Manuel Mota

A história pública regressa ao CCB. Mais do que nunca urge pensar o futuro a partir da revisitação crítica do passado, para um público não académico, amplo, que é chamado a participar no ciclo Conversas com História.

A historiadora Raquel Varela esteve à conversa com a cientista e bióloga Maria Manuel Mota, atual Diretora Executiva do Instituto de Medicina Molecular João Lobo Antunes, do qual é também Investigadora Principal. Maria Manuel Mota é doutorada em Parasitologia Molecular pela University College London, tem um pós-doutoramento pela New York University Medical College e é, desde 2005, professora na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa.

Assista aqui

20 de fevereiro 2021 - Maria Rita Kehl

Maria Rita Kehl é autora de livros como Deslocamentos do feminino – a mulher freudiana na passagem para a modernidade (tese de doutoramento, 1998), O tempo e o cão – atualidade das depressões (vencedor do prémio Jabuti do ano de 2010) e Ressentimento (2004, nova edição em 2020).

áudio extraído de videoconferência por Zoom.

30 de janeiro 2021 - Jorge Torgal

A história pública regressa ao CCB. Mais do que nunca urge pensar o futuro a partir da revisitação crítica do passado, para um público não académico, amplo, que é chamado a participar no Conversas com História. Questionamos a partir do presente o passado, abrindo ao público debates actuais mas que só com a ajuda da história conseguimos compreender. Trazemos ao CCB esta reflexão com convidados que se notabilizaram nas suas áreas, história, ciência, musica, medicina, cultura, economia.

áudio extraído de videoconferência por Zoom.

9 de maio 2020 - Valério Arcary

Valério Arcary responde-nos a questões antigas, que agora são colocadas ao futuro. O que é uma revolução? Outras vão existir? Como se distinguem de um golpe de Estado? Qual o lugar da liberdade e da igualdade nestas histórias?

 

Assista aqui

16 de maio 2020 - Ivo Canelas

Formado pela Escola Superior de Teatro e Cinema, Ivo frequentou o Lee Strasberg Theatre and Film Institute, em Nova Iorque, como bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian. Com mais de 20 anos de carreira, já foi dirigido pela maioria dos realizadores e encenadores portugueses e tem sido diversas vezes premiado pelo seu trabalho em teatro, cinema e televisão.

Assista aqui

23 de maio 2020 - Álvaro Carvalho

Antigo diretor clínico do Conselho de Administração do Hospital Garcia da Orta, o médico e escritor Álvaro Carvalho faz ainda parte do Conselho Nacional de Ética e Deontologia da Ordem dos Médicos. Nesta conversa, Álvaro Carvalho leva-nos por uma maravilhosa história da Medicina, desde o tempo de João Semana, a partir da qual pensamos, hoje, o Serviço Nacional de Saúde.

 

Assista aqui

30 de maio 2020 - Ricardo Araújo Pereira

Ricardo Araújo Pereira conversa sobre o humor, de onde ele vem, porque nos rimos, porque gostamos de rir, porque nos devemos rir do que nos faz chorar e qual o lugar da censura nos tempos que correm.

 

Assista aqui

6 de junho 2020 - Joel Neto

Romancista e colunista, Joel Neto foi o vencedor do Grande Prémio de Literatura Biográfica da Associação Portuguesa de Escritores 2019. O escritor açoriano leva-nos nesta maravilhosa conversa à história dos Açores. Fala-se ainda da relação de Joel Neto com o campo, ontem e hoje, mas também sobre literatura e jornalismo.

Assista aqui

13 de junho 2020 - Fernando Rosas

Salazar «martelou» as Finanças Públicas e aplicou um programa de austeridade baseado na interdição da contestação, através da proibição de sindicatos e partidos políticos. O fascismo português é distinto do europeu?

Assista aqui

20 de junho 2020 - Ken Coach

Ken Loach leva-nos por uma conversa sobre a atual sociedade capitalista e os seus efeitos nas classes trabalhadoras, e como todas as contradições daqui resultantes são retratadas nos seus filmes, realistas sem dogmatismos, socialistas sem «socialismo real», afetuosos com os «de baixo», até nas suas misérias, sobre as quais não há espaços para mentiras.

Assista aqui
Definições de Cookies

O CCB pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.

Permitem personalizar as ofertas comerciais que lhe são apresentadas, direcionando-as para os seus interesses. Podem ser cookies próprios ou de terceiros. Alertamos que, mesmo não aceitando estes cookies, irá receber ofertas comerciais, mas sem corresponderem às suas preferências.
Oferecem uma experiência mais personalizada e completa, permitem guardar preferências, mostrar-lhe conteúdos relevantes para o seu gosto e enviar-lhe os alertas que tenha solicitado.
Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.

Cookies Necessários Permitem personalizar as ofertas comerciais que lhe são apresentadas, direcionando-as para os seus interesses. Podem ser cookies próprios ou de terceiros. Alertamos que, mesmo não aceitando estes cookies, irá receber ofertas comerciais, mas sem corresponderem às suas preferências.

Cookies Funcionais Oferecem uma experiência mais personalizada e completa, permitem guardar preferências, mostrar-lhe conteúdos relevantes para o seu gosto e enviar-lhe os alertas que tenha solicitado.

Cookies Publicitários Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.