La Clemenza di Tito

Orquestra Metropolitana de Lisboa | Coro de Câmara Lisboa Cantat

Mozart

O Ateliê de Ópera da Metropolitana dedica a sua 4.ª edição a La clemenza di Tito, a ópera séria que Mozart compôs nos últimos meses de vida. Jovens cantores em início de carreira lançam-se uma vez mais à frente de uma orquestra profissional, desta vez para interpretar os seis papéis de um libreto que se desenrola em torno da figura do imperador romano Tito, numa trama palaciana que culmina, precisamente, com a sua glorificação. O enredo não esconde a alegoria que pretendia retratar as virtudes do Imperador do Sacro Império Romano Germânico, Leopoldo II, já que a encomenda se destinava à sua coroação também como Rei da Boémia. Aceitando, Mozart comprometeu-se com um prazo de entrega absurdo, pouco mais de um mês, numa altura em que tinha em mãos uma outra ópera, A flauta mágica, e o misterioso Requiem. Não espanta, pois, que algumas páginas da partitura tenham sido completadas na carruagem que o conduziu de Viena para Praga, onde teria somente nove dias de ensaios antes da cerimónia, realizada a 6 de setembro de 1791.

  
Sexta-feira, 27 de janeiro | 20h00 | Pequeno Auditório

 
Programa para dia 27 de janeiro
  
W. A. Mozart La clemenza di Tito, KV 621
 
Cantores Participantes no Ateliê de Ópera da Metropolitana 2016/2017

Direção Cénica e Vocal Jorge Vaz de Carvalho
Maestro do Coro Jorge Carvalho Alves

Direção Musical Pedro Amaral

Programa para dia 29 de janeiro | 16h00 | Pequeno Auditório 
 
W. A. Mozart La clemenza di Tito, KV 621
 
Cantores Participantes no Ateliê de Ópera da Metropolitana 2016/2017
 
Direção Cénica e Vocal Jorge Vaz de Carvalho
Maestro do Coro Jorge Carvalho Alves
 
Direção Musical Pedro Amaral



Coprodução | CCB | Metropolitana

27 janeiro 2017 | 20:00
29 janeiro 2017 | 16:00

M/6
Enviar a um Amigo