Este evento já decorreu.

Celeste Rodrigues

Há Fado no Cais

CCB

O Centro Cultural de Belém lamenta informar a triste notícia da morte de Celeste Rodrigues, apresentando as suas sentidas condolências à família da fadista.
Para o reembolso do valor dos bilhetes, deverá dirigir-se ao local de compra dos mesmos.


No mesmo dia realiza-se o concerto Fado Celeste, uma homenagem a Celeste Rodrigues.
Com Katia Guerreiro, Helder Moutinho, Teresinha Landeiro, Jorge Fernando, Fábia Rebordão, Duarte Coxo, Gaspar Varela (guitarra portuguesa), Pedro de Castro (guitarra portuguesa), André Ramos (viola), Francisco Gaspar (viola baixo).
Consulte aqui.

Canta desde sempre. Referência consensual no universo musical português, Celeste Rodrigues é uma referência para as mais jovens gerações de intérpretes. Com 94 anos de vida e 73 de carreira, é a decano dos fadistas.
Com presença assídua das melhores casas de fado de Lisboa – Café Luso, Adega Mesquita, A Tipóia, Adega Machado, Márcia Condensa, O Embuçado, Parreirinha de Alfama, A Viela de que foi proprietária – foi das primeiras fadistas a consagrar-se internacionalmente, atuando em grandes palcos como o Concertgebouw, em Amesterdão, o Carnegie Hall, em Nova Iorque, ou a Cité de la Music, em Paris.
Em 2005, Ricardo Pais, diretor do Teatro Nacional São João, convidou-a a participar no espetáculo Cabelo Branco é Saudade, ao lado de outras três grandes vozes do fado: Argentina Santos, Alcindo de Carvalho e Ricardo Ribeiro. Esse espetáculo foi um êxito enorme por todas as cidades europeias por onde passou.
Em 2012, foi agraciada pelo Presidente da República com o grau de Comendador da Ordem do Infante D. Henrique, e a cidade que mais cantou, Lisboa, atribuiu-lhe a Medalha de Ouro.

 

Coprodução | CCB | EGEAC | Museu do Fado


Apoio

21 março 2019 | 21:00

M/6
Enviar a um Amigo