Avançar para o conteúdo principal
A carregar Eventos

Datas / horários

1 julho a 30 agosto de 2024 9:30 às 17:30

Valor: 175€ por semana
(105€ na semana de 12 a 14 de agosto)
Almoço e seguro incluídos

Atividades de Férias

Museu

Oficina

Estão abertas as inscrições para as atividades de férias de verão no Museu, que se realizam entre 1 de julho e 30 de agosto, de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 17h30, com almoço e seguro incluídos.

Nestas férias, as crianças dos 4 aos 13 anos poderão explorar técnicas como pintura, escultura ou desenho, através de atividades lúdicas e pedagógicas.

Julho

1 a 5 de julho

Refúgio de verão
4-6 anos

Cada lugar tem a sua própria história, cultura ou matéria-prima! Respeitando as características de cada sítio — o tipo de terra, a forma dos cursos de água, a vegetação —, a arquiteta Marina Tabassum utiliza os recursos disponíveis para criar novos e criativos espaços. Tratam-se de espaços que nos protegem e abrigam, que nos revelam jogos de luz e de sombra, que nos mostram todas as estrelas que há no céu, que guardam os nossos objetos mais valiosos e secretos, ou onde cabem todas as nossas brincadeiras e sonhos. Nesta oficina de férias, explorando os materiais naturais que nos rodeiam, vamos construir em conjunto um espaço de partilha e sonho: um autêntico refúgio de verão!

Conceção e orientação: Inês Machado e Márcia Saldanha

 

Paisagens sonoras
7-13 anos

Entre as artes plásticas, a literatura e a música, a história da arte tem marcado muitos compassos de afinidades. O núcleo de arte moderna, com movimentos artísticos como o construtivismo, o surrealismo e a pop art, é rico nos discursos que criam paisagens sonoras, e que nos fazem viajar, por exemplo, pelo universo dos videoclips e das capas de discos. Agora, brindados no Museu com o universo rico e multidisciplinar da cantora e artista Patti Smith, propomos um conjunto de exercícios que interpretam graficamente a música e que sugerem sonoridades no território das imagens.

Conceção e orientação: Rita de Sá e Fabrícia Valente

8 a 12 de julho

Escondido no Museu
4-6 anos

Qual é o poder de uma imagem?
A história da imagem começou nas cavernas com a arte rupestre e, neste momento, encontra-se na imensidão das imaginações de cada um de nós. Quem sabe aonde irá a seguir? Podemos começar essa viagem pelo fantástico universo das imagens da arte moderna e procurar personagens, espaços e aventuras.
Explorando traços, cores, texturas, recortes e colagens, luz e sombra, descobriremos como dar vida às histórias ainda escondidas nas obras da coleção e na vossa imaginação. Vamos criar um livro em que cada página seja verdadeira e única.

Conceção e orientação: Mariana Ramos e Marília Pascoal

 

Corpos em movimento
7-13 anos

A partir do núcleo de arte contemporânea e da INTROSPECTIVA de João Fiadeiro, o desafio entre o vosso corpo, a obra de arte e o espaço expositivo vai levar-vos a dinâmicas de entendimento do corpo enquanto objeto, cenário, tempo, movimento, performance, espera, mutação, construção e jogo. O estar e o participar no museu vão ser questionados: os vossos limites serão traçados e ultrapassados através de linhas ténues de (não-)pertença; e, na meta, os vossos corpos serão o Museu — um museu que (des)construiremos juntos.

Conceção e Orientação: Fabrícia Valente e Patrícia Trindade

15 a 19 de julho

O corpo que dança, balança, salta e rodopia
4-6 anos

Com os braços, desenho um arco. Com os dedos, formo um triângulo pequenino. Com as pernas, traço uma longa linha reta… O corpo dança, balança, salta e rodopia e desenha no espaço tudo o que quisermos! Nesta oficina de férias, vamos explorar o gesto, o movimento e o desenho através do nosso próprio corpo, individualmente e em grupo. A partir das exposições Objeto, corpo e espaço e INTROSPECTIVA, esta de João Fiadeiro, vamos habitar espaços vazios do Museu, brincar com as linhas e as formas das obras de arte, construir esculturas e improvisar histórias para contar!

Conceção e orientação: Inês Machado e Mariana Ramos

 

Espaço contaminado: entre as artes e a arquitetura
7-13 anos

Esta louca história de amor entre as artes e a arquitetura teve início a par das primeiras vanguardas modernistas. Numa bolha alimentada pela expectativa de reconstrução de um mundo desolado pela guerra, emergiu o desejo contínuo de mudança. Questionando-se acerca de uma identidade coletiva, artistas, arquitetos e pensadores encontram um lugar comum no vínculo entre o ser humano, os espaços e as cidades.
É nesse contexto específico que os caminhos da produção artística e da arquitetura começam a contaminar-se mutuamente; e as inovadoras visões de espaço questionam e buscam novos significados e relações entre o ser humano e o mundo.
Durante esta semana, vamos navegar por um espaço híbrido entre arquitetura e arte, entre linhas, formas, dimensões e relações, experimentando materiais e possibilidades. Vamos pensar sobre espaços e construí-los.

Conceção e orientação: Andreia Coutinho e Marília Pascoal

22 a 26 de julho

Desenhos improváveis
4-6 anos

Todos os dias desenhamos, mesmo quando estamos distraídos. Quando pego num pente, faço um risco ao meio e penteio as linhas do cabelo; quando escovo os dentes, faço uma mancha de espuma; quando cuido do jardim, faço linhas direitinhas com o ancinho e pintinhas com sementes; quando vou à praia, desenho o meu caminho na areia. Podemos criar obras de arte com pentes, escovas, vassouras e até com o nosso corpo! Nesta oficina, vamos conhecer a exposição Ou o desenho contínuo e descobrir outros materiais improváveis que podemos usar para desenhar.

Conceção e orientação: Inês Machado e Lea Managil

 

Espelho infinito
7-13 anos

Que espelho é este? Um espelho sem início nem fim, onde vemos tudo a dobrar. Um espelho que altera as formas e lhes dá vida. Uma janela que se abre para um espaço paralelo onde o módulo, a repetição, o padrão, a ilusão e o som (des)ordenam.
Juntos, vamos desenvolver uma grande instalação imersiva e participativa. Vai ser uma obra de arte total na qual se pode escutar, espreitar, subir ao palco e entrar em cena, para ter uma Visão Perfeita.

Conceção e orientação: Francisca Valador e Patrícia Trindade

29 julho a 2 agosto

Os mundos dentro da minha cabeça
4-6 anos

Dentro de nós existem muitos mundos. Com a nossa ajuda, vamos tentar tirá-los cá para fora. Com muitos truques, vamos desvendá-los e mostrar um bocadinho deles aos outros, partindo da obra de alguns artistas que trabalharam o retrato e de outros que exploraram a acumulação de ideias. E se a vossa cabeça fosse uma caixa? O que teria lá dentro? Que pensamentos, desejos e sentimentos a habitam? Que personagens e mistérios vamos descobrir? Venham connosco descobrir os mundos que existem dentro da vossa cabeça.

Conceção e orientação: Rita de Sá e Teodora Boneva

 

Arquitetura e lugar
7-13 anos

«A arquitetura não se põe num sítio; precisa de nascer desse sítio», diz Marina Tabassum. Como nascem as cidades? Qual a importância dos materiais escolhidos para cada lugar? Marina Tabassum é a arquiteta da essência dos gestos, dos materiais, da história e origem do lugar e do povo. Sentir para construir.

Nesta atividade, vamos encontrar ou criar espaços com características únicas e com desafios entre matéria, corpo e lugar capazes de nos fazer viajar pela poética da arquitetura. Juntos vamos questionar o viver e o habitar em contextos sociais e geográficos diferentes dos nossos — sensibilizar para projetar.

Conceção e Orientação: Fabrícia Valente e Marília Pascoal

 

Agosto

5 a 9 de agosto

Quantas mãos constroem um horizonte?
4-6 anos

Desde crianças construímos espaços com aquilo que está à mão, para descobrirmos e sentirmos o mundo. Quem nunca montou um esconderijo por baixo dos lençóis ou de uma mesa? Quantas memórias temos a brincar em casas a céu aberto? Cada um de nós, desde cedo, procura espaços que nos aproximem dos outros e materializem um sentimento de pertença. Esta procura intuitiva, perspicaz e aberta ao próximo também existe na arquitetura de Marina Tabassum: casas que se levantam para quando chegar a água, estruturas que se desmontam para saltar de sítio em sítio, torres que se esticam até ao céu para se ver as estrelas, construções cheias de aberturas para nos refrescar do calor… Ponham a mochila às costas, arregacem as mangas e venham connosco descobrir e construir novos horizontes!

Conceção: Márcia Saldanha e Sara Caballero Zavala
Orientação: Márcia Saldanha e Lea Managil

 

 A teatralidade dos objetos
7-13 anos

Imaginem que os objetos artísticos são as personagens-chave de uma peça de teatro. O que mudariam no cenário? Como construiriam diálogos entre obras de arte? E o vosso corpo, que lugar ocuparia? De espectador? De coreógrafo? De cenógrafo? De um novo ator? Os lugares e os corpos confundem-se e procuram novas fronteiras. O espetáculo vai compor-se como um estaleiro de obra, onde o ensaio e produto final dançam lado a lado, como numa performance: começada e ainda não acabada.

Conceção e Orientação: Fabrícia Valente e Teodora Boneva

12 a 14 de agosto

Mil folhas
4-6 anos

Haverá bolo mais divertido que o mil folhas? São tantas, de diferentes tamanhos e texturas — umas finas, outras estaladiças —, mas todas arrumadas em camadas até formarem uma pequena torre. Se pudéssemos desenhar entre as linhas amachucadas de mil folhas, surgiria um universo de imagens e caminhos, tal como num livro ou como na exposição Ou o desenho contínuo. Vamos folhear a exposição e descobrir diferentes e criativas formas de desenhar sobre e com papel.

Conceção e orientação: Lea Managil e Márcia Saldanha

 

Com riscos e rabiscos, faço um desenho
7-13 anos

Nesta oficina, vamos redescobrir a arte de desenhar, inspirados pela exposição Ou o desenho contínuo. Será que existem regras para fazer um desenho? Afinal, de quantas formas podemos desenhar? Um desenho não precisa de ser feito por uma única pessoa. Se duas, três ou até dez pessoas fizerem um grande desenho juntas, como será esse desenho? Grande, alto, gigante? Ao longo desta semana, iremos explorar as inúmeras possibilidades do desenho, trabalhando coletivamente e usando técnicas inesperadas. Vamos rodopiar, saltar, esticar e vamos criar as nossas próprias regras para desenhar! Afinal de contas, um desenho é tudo aquilo que nós quisermos.

Conceção e orientação: João Mateus e Mariana Ramos

19 a 23 de agosto

O retângulo que queria ser espaço
4-6 anos

Era uma vez um retângulo pintado numa tela. Esta tela permitia-lhe ser o que quisesse, da cor que quisesse. Podia ser uma televisão, o corpo de um robô, uma mesa, um prédio, uma mala ou até o tronco de uma árvore; podia ser amarelo, azul, rosa, verde ou com as cores todas do arco-íris.
O tempo passava, e o que o retângulo queria mesmo era impossível de conseguir, estando ele preso na tela. O retângulo sonhava todos os dias em transformar-se num espaço. Isso mesmo… um espaço!
Nesta semana de férias no Museu, vamos ajudar o retângulo pintado a sair da tela, ganhar volume, transformar as linhas finas em paredes e servir de espaço para guardar as memórias das aventuras que vamos juntos realizar.

Cada lado do nosso espaço irá guardar um precioso movimento a desvendar. Aceitam o desafio?

Conceção e orientação: Daniella Figueiredo e Marília Pascoal

 

Espaço do desenho
7-13 anos

O nosso corpo ocupa um espaço? Ou será o espaço que ocupa o nosso corpo? Que formas terá esse espaço? Terá cor, texturas, linhas ou uma outra identidade? O que podemos fazer nele? Vamos descobrir que imagens ou personagens secretas desvendam o nosso corpo quando habitam diferentes espaços. O desenho e o movimento serão as nossas ferramentas de investigação. Estás pronto para a aventura?

Conceção e orientação: Rita de Sá e Mariana Ramos

26 a 30 de agosto

O ilusionista
4-6 anos

Conseguimos fazer com que um balão fique para sempre a voar? E fazer um objeto desaparecer sem deixar rasto? Às vezes vemos acrobatas equilibrarem-se com apenas uma mão no chão, e perguntamos como é possível manterem o equilíbrio! Giovanni Anselmo, Anish Kapoor e Richard Serra, artistas mágicos, desafiaram as leis da gravidade e mostraram como uma obra de arte se transforma num verdadeiro truque de ilusão. Vamos descobrir no Museu que outros artistas contemporâneos nos ensinam a desafiar as leis da física e transformar a nossa oficina num verdadeiro espetáculo de magia!

Conceção: Francisca Valador e Lea Managil
Orientação: Francisca Valador e Sara Caballero Zavala

 

A obra habitada
7-13 anos

A arte e a arquitetura vivem numa constante autonomia e dependência, como irmãos inseparáveis que mostram traços de personalidade diferentes. Os discursos do habitar, da casa, da cidade moram em muitas obras de arte que não são espaço construído, mas que o visitam, o ilustram, o questionam. Cada vez que contamos a história de uma obra e criamos uma narrativa sobre si e a relação que estabelece connosco, estamos também a desafiar-nos a habitá-la. Queremos morar convosco em vidas paralelas às obras de arte, e mostrar os (não-)lugares que elas escondem e desvendam.

Conceção: Fabrícia Valente e Mariana Ramos
Orientação: Fabrícia Valente, Mariana Ramos e Thais Bressiani

Preçario e inscrições

Horário: 9:30–17:30
Valor: 175€ por semana (105€ na semana de 12 a 14 de agosto) – Almoço e seguro incluídos

☎️ Marcações pelo 213 612 800 (chamada para a rede fixa nacional), de segunda a sexta-feira, das 10:00 às 13:00 e das 14:00 às 17:30.
💻 Marcações por e-mail: servico.educativo.museu@ccb.pt

 

Marcações

Ficha Técnica

Imagem: Atividade do Serviço de Educação e Mediação

Definições de Cookies

O CCB pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.

Permitem personalizar as ofertas comerciais que lhe são apresentadas, direcionando-as para os seus interesses. Podem ser cookies próprios ou de terceiros. Alertamos que, mesmo não aceitando estes cookies, irá receber ofertas comerciais, mas sem corresponderem às suas preferências.
Oferecem uma experiência mais personalizada e completa, permitem guardar preferências, mostrar-lhe conteúdos relevantes para o seu gosto e enviar-lhe os alertas que tenha solicitado.
Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.

Cookies Necessários Permitem personalizar as ofertas comerciais que lhe são apresentadas, direcionando-as para os seus interesses. Podem ser cookies próprios ou de terceiros. Alertamos que, mesmo não aceitando estes cookies, irá receber ofertas comerciais, mas sem corresponderem às suas preferências.

Cookies Funcionais Oferecem uma experiência mais personalizada e completa, permitem guardar preferências, mostrar-lhe conteúdos relevantes para o seu gosto e enviar-lhe os alertas que tenha solicitado.

Cookies Publicitários Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.