Este evento já decorreu.

Orquestra de Câmara Portuguesa

CCB

Em 2016, e sob o epíteto da “Invenção!”, a OCP e os seus diversos projetos artísticos e sociais celebram o génio da criação, com diversas estreias absolutas, incluindo a Ópera, e concertos além fronteiras.

Neste 2º concerto do Ciclo “Invenção!” 2016, a OCP apresenta uma obra conceptual de um dos mais reputados improvisadores/compositores da actualidade: o suíço Fritz Hauser (Basileia, n. 1953).
Hauser cria um universo sonoro imensamente pessoal e inspirado na improvisação, tempo, espaço, ressonância, sendo que elementos cénicos (muitas vezes minimalistas) são sempre essenciais ao “mundo” deste artista. Desse modo é o companheiro perfeito a uma leitura, espacializada (e tirando partido do belo e intimista Pequeno Auditório do CCB) de 5 dos contrapontos de “A Arte da Fuga”, de Bach. Música universal de equilíbrio perfeito entre a razão e o coração.

Na segunda parte, uma nova música para um novo instrumento, o saxofone. Apesar de criado no Séc. XIX, era ainda pouco conhecido e considerado um instrumento “menor” - quando o corajoso Glazunov, fascinado pela sua sonoridade  (entusiasmo esse documentado na sua correspondência) criou uma obra, de cariz romântico, que ganhou lugar no repertório.
O solista que se apresenta com a OCP (seguindo a sua missão, que celebrará 10 anos em 2017, a lançar novos talentos!) é Pedro Corte-Real (laureado do PJM 2015).

Por fim, teremos Haydn. Em 1774, Haydn, em Esterháza, criou música ocidental para a peça teatral,  "Der Zerstreute", uma adaptação de “Le Distrait”, de Regnard. Obra acidentada, retrata as permanentes distrações da personagem principal e construída de forma pouco habitual (6 andamentos).  É no brilhante final que Haydn nos oferece um dos seus mais surpreendentes coups de théâtre. Sem dúvida uma das mais divertidas e originais composições do canon musical.

Orquestra de Câmara Portuguesa
Pedro Corte Real saxofone (laureado do PJM 2015)
Pedro Carneiro Direção Musical
Teresa Simas encenação e movimento

Programa

Invenção! (2)
Schraffur, Fritz Hauser (1ª Audição em Portugal)
A Arte da Fuga (contrapuncti I-V), Bach

Intervalo

Concerto para Saxofone e Cordas, op. 109, Glazunov
Sinfonia No 60 em Dó Maior “Il Distratto”, Haydn



Produção | CCB


9 outubro 2016 | 17:00

M/6
Enviar a um Amigo