Literatura e Pensamento

(Quase) Toda uma vida

Anabela Mota Ribeiro conversa com Artur Santos Silva

CCB

Artur Santos Silva teve um pai que era o advogado da oposição, um avô médico, recebeu deles o exemplo de uma existência virada para os outros. Considera que uma boa educação é a porta principal para a felicidade. A sua, era uma família burguesa e empenhada politicamente. Não foi político. Não pensou que o seu destino fosse a banca. «Vamos lá a ver. Nunca me passou pela cabeça estar ligado a um banco, quando entrei em Direito. Fui fazer o curso de Direito e pensava vir a trabalhar com o meu pai.» Fundou o BPI, que foi a aventura de uma vida.
Nasceu no Porto, em 1941. Nas suas memórias, aparece o Porto liberal, ferrenho, culto. Amigo de Agustina e Sá Carneiro. O tipo de pessoa que se impressiona com filmes como Roma, cidade aberta. Foi presidente da Fundação Gulbenkian. E agora?


                                                                                                     ANABELA MOTA RIBEIRO

 

(Quase) Toda Uma Vida é um ciclo de grandes entrevistas de vida a personalidades diversas, conhecidas e marcantes da vida portuguesa no último século, da responsabilidade de Anabela Mota Ribeiro, com periodicidade mensal.


Produção | CCB

2 setembro 2017 | 17:00

Sala Sophia de Mello Breyner Andresen
Enviar a um Amigo