Este evento já decorreu.

Ciclo Memórias de Intenção Política

A minha casa era a sede

Judite Canha Fernandes e Teresa Gentil

CCB

A Minha Casa era a Sede

A Minha Casa era a Sede

A Minha Casa era a Sede

©Andrea Inocêncio

Espetáculo de teatro e música


Fábrica das Artes | para todas as infâncias

A Minha Casa Era a Sede é a história de duas meninas. Com amizades em voz de bicho e terra vão-se tornando humanas, como a maior parte das pessoas são. Têm aventuras muito possessas, como missas clandestinas, funerais de caixas de fósforos e beijos furtivos roubados a bochechas incautas. – Amplia, amplia! – diz uma à outra. – Vês, olha! Outra camada aqui! – responde a segunda, sem ouvir a primeira. Como meninas, dizem-lhes também que há coisas de meninas, coisa que elas nunca chegam a perceber: uma pinta de verde tudo o que é cor-de-rosa e a outra só gosta das roupas do avô. Além disso, falam alto, mexem na terra, são cheias de opiniões proibidas. São parecidas, quando não têm nada a ver. Talvez apenas porque, como são amigas para sempre, se amam muito.

 

Explicações desnecessárias

A Minha Casa Era a Sede é uma performance musical, ou uma música performativa, construída a partir das memórias como artefactos políticos do coração, e cruza duas histórias de infâncias que rumam ao futuro. As meninas falam da frente para trás, porque querem ir mais longe e não sabem como. À procura de novas salas, vêm-se no escuro a tatear paredes em busca da porta de entrada do compartimento que se segue. Terá mais luz? Será mais quentinho? É feito de paredes transparentes?

 

Cocriação e interpretação Teresa Gentil e Judite Canha Fernandes / Encenação Cláudia Gaiolas, Teresa Gentil e Judite Canha Fernandes / Conto «A minha casa era a sede», de Judite Canha Fernandes / Música Teresa Gentil / Fotografia Andrea Inocêncio



Inscrições

telefone (+351) 21 361 28 99

email fabricadasartes@ccb.pt


14 a 17, 21 a 24 fevereiro, 2016 | 11:00 e 14:45

18, 19, 25 e 26 fevereiro, 2016 | 15:30

Espaço Fábrica das Artes
M/6
45 minutos + conversa final
Enviar a um Amigo