A1 - Concerto de Abertura

Orquestra Sinfónica Metropolitana
Coro da Fundação Princesa das Astúrias

Orquestra Sinfónica Metropolitana © David Rodrigues Metropolitana

Coro da Fundacão Princesa das Astúrias

Mykola Diadiura

José Esteban Garcia Miranda

Larissa Savchenko

Wojtek Gierlach

Concerto gravado e transmitido pela RTP

Proclamado em 1547, Ivan IV tornou-se o primeiro czar da Rússia. Construiu um império expansionista que centralizava o poder e combatia cruelmente as oligarquias aristocratas, os boiardos. Em particular, a política da Opríchnina, baseada em territórios administrativos que protegiam a coroa, deixaram uma marca sangrenta no seu reinado. Ficou conhecido pelo cognome O Terrível.
Estaline identificava-se com esta figura histórica, por razões que se adivinham. Porém, os filmes que o realizador Eisenstein lhe dedicou exploram, sobretudo, os aspetos morais e psicológicos da sua personalidade. O primeiro, de 1944, tem início com a coroação. Aborda os episódios do seu casamento e as lutas intensas que culminaram na instauração de um regime absolutista. O segundo filme só foi estreado em 1958, já depois das mortes de Eisenstein, Prokofiev e do próprio Estaline. Centra-se nas mais atrozes tramas palacianas que Ivan teve de enfrentar ao longo da governação.
A importância da banda sonora no desenrolar destes filmes é devedora do interesse que Prokofiev dedicou à ópera nos anos 1940. Nunca chegou a publicar as partituras, e menos ainda as recuperou numa versão cénica. Foi Abram Stasevich, maestro que havia colaborado na produção do filme, quem assumiu a tarefa. Em formato de Oratória, fez estrear em abril de 1961, em Moscovo, esta obra magistral, que articula livremente as partes mais substantivas da música original (inalterada) com a declamação de um texto que contextualiza a narrativa.

                                                                                         RUI CAMPOS LEITÃO

Serguei Prokofiev Ivan, o Terrível, op. 116; Música dos filmes de Sergei Eisenstein em versão de Oratória (arranjos de Abram Stasevich)

Orquestra Sinfónica Metropolitana
Coro da Fundação Princesa das Astúrias

Mykola Diadiura direção musical
José Esteban García Miranda diretor do coro
Larissa Savchenko meio-soprano
Wojtek Gierlach baixo
Miguel Moreira narração



Produção | CCB





                                                                                                                                        

DOCUMENTOS

BIOGRAFIAS

28 abril 2017 | 21:30

M/6
com lugares marcados
Enviar a um Amigo