Este evento já decorreu.

B16 - Anglo-Portuguese Ensemble

Fantasias Inglesas

Anglo Portuguese Ensemble

Anglo Portuguese Ensemble

Lourenço Macedo Sampaio

Apesar de integralmente inspirado em Literatura Britânica dos séculos XVI e XVII, este concerto traz-nos obras separadas por quase 300 anos.
A suíte Abdelazer ou The Moor’s Revenge (1695) é uma adaptação musical de Purcell da peça de teatro com o mesmo nome, datada de 1676 e escrita por Aphra Behn. É  uma suíte francesa, constituída por nove danças contrastantes – sendo que o Rondeau foi mais tarde utilizado pelo também inglês Benjamin Britten para o seu Young Person’s Guide to the Orchestra.
Recuando ao início do século XVII, encontra-se um ciclo de canções originalmente escritas para o alaúde de John Dowland (1604) que servem de base à composição de Britten com o mesmo título, Lachrymae. Este conjunto de reflexões para violeta e orquestra de cordas sobre a obra salientam a linguagem de Britten, apesar de, pontualmente, a obra de Dowland ser citada na sua forma original. A obra foi dedicada a William Primrose, virtuoso violetista escocês, e estreada em 1950, no Festival de Aldeburgh.
A última obra do programa nasce no século XVI, altura em que o Arcebispo da Cantuária Matthew Parker escreveu nove salmos para o Livro de Salmos de 1567. Um destes foi então musicado por Thomas Tallis. Já no século XX, foi Ralph Vaughan Williams (1910) a elaborar o tema de Tallis e torná-lo na Fantasia para Orquestra de Cordas. Nesta obra, a Orquestra de Cordas é dividida em duas, separadas uma da outra, no intuito de atingir a sonoridade de um órgão, assim como oferecendo a possibilidade de uma orquestra poder ecoar a outra.

Fantasias Inglesas

Henry Purcell Suíte Abdelazar (The Moor's Revenge)
    I. Abertura 
    II. Rondeau 
    III. Air 
    IV. Air 
    V. Minuet 
    VI. Air 
    VII. Jig 
    VIII. Hornpipe 
    IX. Air

Benjamin Britten Lachrymae: Reflections on a song by Dowland, op.49a, para Violeta e Orquestra de Cordas
Ralph Vaughan Williams Fantasia sobre um tema de Thomas Tallis para Orquestra de Cordas

Anglo-Portuguese Ensemble
Lourenço Macedo Sampaio violeta


Produção | CCB

DOCUMENTOS

BIOGRAFIAS

29 abril 2017 | 22:00

Sala Luís de Freitas Branco
M/6
Sem lugares marcados
Enviar a um Amigo