Este evento já decorreu.

B16 - O Mundo a 4 Mãos

MusicOrba

CCB

MusicOrba


Yoshinao Nakada A primavera chegou e flores de cerejeira floresceram
Yoshinao Nakada Do início do outono até meados do outono
Antonio Victorino d'Almeida Balada op. 126

Maurice Ravel Ma Mère L'Oye
I. Pavane de la Belle au bois dormant / II. Petit Poucet / III. Laideronnette, Impératrice des Pagodes / IV. Les entretiens de la Belle et de la Bête / V. Le jardin féerique
Camille Saint-Saëns Danse Macabre

MusicOrba
Tomohiro Hatta e Ricardo Vieira piano a quatro mãos

Desde a chegada dos primeiros portugueses às costas do Japão, no início do século XVI, que se criaram laços de uma profunda curiosidade e admiração entre Japão e Portugal. Uniam-se os extremos da Eurásia.
Cerca de cinco séculos depois, em Paris, dois talentosíssimos pianistas repetem o feito. O português Ricardo Vieira e o japonês Tomohiro Hatta vêm contribuir mais uma vez para este encontro, recorrendo à mais universal das linguagens que é a música, capaz de unir culturas, povos e países, independentemente das suas raízes, do seu idioma e das suas tradições, num exercício de tornar próximo e familiar o que é aparentemente tão distante.
 O resultado é o projecto MusicOrba, em que se pode ouvir Tomohiro Hatta a tocar o portuguesíssimo Fado Burnay ou Ricardo Vieira a juntar-se à interpretação de duas peças do japonês Yoshinao Nakada. Ainda nesta viagem através da música podemos encontrar outros olhares sobre Portugal com a Balada de António Victorino d’Almeida e a homenagem às terras entre Douro e Vouga, composta pelo argentino Daniel Schvetz. A inspiração italiana chega-nos através da música de Joly Braga Santos, sem dúvida um dos compositores portugueses mais importantes do século XX. A França, país que uniu estes dois pianistas, surge-nos através da música para quatro mãos de Maurice Ravel.

ANDRÉ CUNHA LEAL

 

23 abril 2016 | 14:00

Sala Sophia de Mello Breyner Andresen
M/6
não tem lugares marcados
Enviar a um Amigo