Este evento já decorreu.

E8 - Sete Pecados Mortais e as Quatro Últimas Etapas

laReverdie

laReverdie

laReverdie

laReverdie
Claudia Caffagni voz, alaúde / Livia Caffagni voz, flautas, viela / Elisabetta de Mircovich voz, viela sanfona / Doron Sherwin voz, percussão / Matteo Zenatti voz, harpa

Cave canem Deus videt: Anónimo (século XIII) Bonum est confidere1
Ira: Doron David Sherwin Carnem irae
Inveja: Anónimo (século XIII) Sicut de ligno parvulus4
Avareza: Anónimo (século XIII) Curritur ad vocem2
Gula: Anónimo (século XIII) Alte clamat Epicurus3
Preguiça: Anónimo (século XIII) Ad cor tuum revertere1
Luxúria: Anónimo (século XIII) Veritas Equitas4
Soberba: Guillaume de Machaut Fons totius superbie / O livoris feritas / Fera pessima5
Inferno: Anónimo (século XIII) Flete perhorrete1
Morte de um pecador: Anónimo (século XIII) O labilis sortis4
Último Julgamento: Tommaso da Celano (c.1185-1265) Dies Irae (gregorian hymn)
Paraíso Anónimo (século XIII) Virgines egregiae4
Roberto Padoin Sitivit anima mea

Fontes
1. Firenze, Biblioteca Medicea Laurenziana, Pluteus, 29,I (século XIII)
2. Wolfenbüttel Herzogl. August. Bibliothek, Helmst. 1206 (olim 1099) (século XIII)
3. München, Bayerischen  Staatbibliothek, Codex Latinum Monacensis 4660 (século XIII)
4. Parigi, Bibliothèque Nationale de France, MS fr. 146 (c.1318)
5. Parigi, Bibliothèque Nationale de France,fonds français 1586 (MachC) (c.1350)

Uma viagem pela música dos séculos XIII e XIV que parte do centro do quadro Os Sete Pecados Mortais, de Hieronymus Bosch, atravessando as secções que descrevem os vários pecados, até chegar ao círculo do Paraíso. As representações alegóricas de Bosch estão profundamente enraizadas no imaginário medieval. Aliás, as categorias dos sete pecados, muitas vezes opostos às virtudes, tiveram um grande sucesso como tema iconográfico desde o séc. XII. Esta combinação entre Bosch e a música de estilo moral/satírica vem principalmente do repertório de Carmina Burana e do Romance de Fauvel, e encontra o seu significado precisamente no paralelismo entre as imagens com as quais Bosch retrata pecados humanos e os textos musicais que descrevem os mesmos pecados, por vezes recorrendo a um realismo pitoresco, e noutras utilizando símbolos abstratos. A acusação de decadência moral e da admoestação à redenção é expressa através de representações alegóricas e de fantasia. Um caminho expressivo-estético que relaciona a linguagem das pinturas de Bosch com a linguagem do mundo goliardo e a poesia moralista da corte francesa no século XIV. -  LAREVERDIE

                                                                                                                 

Produção | CCB


Apoio à apresentação

29 abril 2018 | 18:00

Sala Luís de Freitas Branco
M/6
Duração aprox. 1h
Enviar a um Amigo